sábado, 6 de março de 2021

95% dos municípios da PB, estão na bandeira laranja, segundo avaliação

95% dos municípios da PB, estão na bandeira laranja, segundo avaliação

 


A 20ª avaliação do Plano Novo Normal, do governo da Paraíba, apontou que 211 cidades paraibanas estão classificadas em bandeira laranja, representando 95% do território do estado. As 12 cidades da Região Metropolitana de João Pessoa, além de Campina Grande, estão inclusas nessa classificação. A avaliação foi divulgada no final da tarde deste sábado (6).

Os números da bandeira laranja representam uma regressão de 76 municípios que estavam em bandeira amarela e transitaram para a laranja.

As cidades de Prata, Catingueira, Igaracy, Sao José do Bomfim, Cuite de Mamanguape, São Mamede, Capim e Cacimbas estão na bandeira vermelha, com restrição total de mobilidade.

Na bandeira amarela, com mobilidade menos restrita, estão somente quatro municípios, que são Baía da Traição – que estava em bandeira verde na 19ª avaliação -, Barra de Santana, Mogeiro e São José dos Ramos.

O Plano Novo Normal é a matriz de orientação do estado para a retomada gradual das atividades econômicas, indicando quais segmentos devem funcionar. Os municípios que estão em bandeira em bandeira vermelha devem ter restrição total, funcionando somente os serviços essenciais com restrição de circulação, a exemplo de supermercados e farmácias.


Paraíba tem avalanche​ de internações e cenário aponta para ocupação total de leitos de UTI

Paraíba tem avalanche​ de internações e cenário aponta para ocupação total de leitos de UTI

 


A cada dia, a quantidade de casos confirmados e de mortes por Covid-19 na Paraíba aumenta. De acordo com o secretário de Estado da Saúde (SES-PB), Geraldo Medeiros, a Paraíba tem uma “avalanche” de internações diárias pela doença e cenário aponta para ocupação de total de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Adulto. Na sexta-feira (05), o Conselho Regional de Medicina (CRM-PB) alertou sobre a ocupação, apesar de aumento na quantidade de leitos.

O secretário explicou que há três semanas, a RT (taxa de transmissibilidade) na Paraíba por Covid-19 era de 1.01, ou seja, a cada 100 pessoas contaminadas, contaminavam 101 pessoas. No entanto, a quantidade subiu e no momento, a RT é de 1.09 (cada 100 contaminados, contamina 109 paraibanos).

“Isso é um indicador do grau de propagação viral nesse momento na Paraíba e que preocupa todos nós. Nós estamos no pior cenário da pandemia do estado da Paraíba”, afirmou Geraldo Medeiros, em entrevista a um programa de rádio, como o ClickPB acompanhou. Destacou ainda que o Estado, ao longo de meses conseguiu conter o avanço do coronavírus, com atos de restrições sanitárias e ampliação de leitos.

“Mas estamos chegando uma situação iminente de nós termos todos os leitos de UTI adultos ocupados com a avalanche de casos de internamentos diários”, frisou como o ClickPB apurou. “Para se ter uma ideia, nós tivemos ontem, esta semana, em alguns dias também, 73 internamentos em apenas 24 horas. Esses internamentos continuam”, revelou.